A gestão do estoque é uma área diretamente ligada à saúde de sua empresa. Muitos problemas administrativos começam quando há um desinteresse o negligência por este setor. A gestão do estoque afeta potencialmente as operações, as vendas, a logística, as compras e a capacidade produtiva do negócio.

A falta de alinhamento entre esta área e as demais pode comprometer todo o seu planejamento. É importante aproveitar este fim de ano para rever as estratégias de gestão do estoque, pois esta atitude irá prevenir gastos e erros bastante comprometedores. Não é preciso deixar com que a empresa passe por dificuldades para fazer um levantamento profundo desta área. A palavra-chave para estoque é controle e a contabilidade pode lhe ajudar nesta tarefa.

A importância da gestão do estoque para as empresas

Por gestão do estoque compreende-se o processo ou a área que tem como responsabilidade cuidar do fluxo de materiais dentro da empresa. Desta forma, todas as informações de entradas e saídas devem ser integradas e documentadas, principalmente em um sistema efetivo. De tempos em tempos, é ainda necessário recorrer a um inventário para ter um detalhamento ainda mais apurado.

gestão do estoque

A gestão do estoque é importante para dar ao gestor todas as informações sobre as vendas e itens armazenados, demandas de novas aquisições e possibilidade de promoção. A gestão do estoque impacta ações sazonais, novos investimentos e o relacionamento com o cliente. Imagine quantas decisões podem ser tomadas quando se tem controle do estoque: reavaliação de preços, remanejamento de itens próximos à validade, estratégias de rotatividade, etc.

Contabilidade e planejamento estratégico

Para garantir a eficiência da gestão do estoque, o escritório de contabilidade pode apoiar o gestor. Por exemplo, os órgãos fiscalizadores possuem informações sobre compra e venda de materiais. Estas informações não podem entrar em conflito, resultando em auditorias. O contador poderá ser útil no inventário periódico do estoque, fornecer informações para a tomada de decisão e verificar melhores condições tributárias para as suas aquisições. A análise de relatórios é outra ajuda disponível através do contador.

Por onde começar?

Algumas ações básicas podem transformar a forma como gerencia o estoque:

  • Utilize um sistema digital para gerir o seu estoque. Estes softwares e plataformas permitem você integrar todas as informações em um só lugar e fornecer dados em tempo real.
  • Conheça melhor cada operação relacionada ao estoque. Isso dará uma percepção mais abrangente do negócio, do mercado e das contingências relacionadas a esta área.
  • Faça um mapeamento por item, área, produto, período de movimentação e liste os possíveis problemas, como desperdício, por exemplo.
  • Fixe os períodos de inventário (inclusive físico). Agende a data. É comum as empresas fazerem inventários a cada ano ou semestre.
  • O estoque deve ser uma preocupação contínua e deve ter os seus responsáveis. Talvez seja interessante criar rotinas e protocolos de controle físico do estoque. As tecnologias digitais otimizam o processo. Isso ajuda na consistência dos dados.
  • Converse com o seu contador sobre possíveis soluções contábeis para a gestão do estoque. Veja ainda quais são as multas e punições fiscais. Lembre-se que uma gestão ineficiente de estoque pode prejudicar o escritório contábil, que é responsável pelo balanço patrimonial da empresa.

O que achou das dicas sobre controle do estoque? Deixe um comentário a seguir e compartilhe estas informações em suas redes sociais! Siga a OSP Contabilidade no Instagram!

 

Share This