Business Model Canvas – Como construir um modelo de negócios com este recurso

Como saber se o seu negócio é viável? Esta dúvida é muito comum entre empreendedores que desejam abrir uma empresa ou rever as estratégias de um negócio já existente. Há muitos meios de responder a esta pergunta, mas uma ferramenta muito assertiva é o Businnes Model Canvas, também conhecido apenas por Canvas. É uma ferramenta simples e prática para modelar o seu negócio.

O que é o Business Model Canvas?

O Business Model Canvas é uma ferramenta de gestão e planejamento estratégico, que permite desenvolver e esboçar modelos de negócio novos ou existentes. Pode estar relacionado com o Plano de Negócio da sua empresa ou servir para definir novos rumos.

Business Model Canvas

Trata-se de um mapa visual pré-formatado contendo nove blocos. Pode ser feito de forma impressa e com post-its ou de forma eletrônica – há aplicativos, softwares e comunidades de Canvas na internet. As soluções são pagas ou gratuitas. Dê uma olhada no Business Model Canvas do Sebrae (uma ferramenta gratuita para começar o seu planejamento).

Vejamos como funciona:

1 – Proposta de valor – É o que sua empresa vai oferecer para o mercado que realmente terá valor para os clientes. Aqui você apresenta as facilidades e diferenciais percebidos pelo consumidor final.

2 – Segmento de clientes – São os segmentos de clientes que serão foco da sua empresa. É a definição dos seus públicos-alvo.

3 – Canais – Como o cliente compra e recebe seu produto e serviço. São os canais de distribuição. Pode ser loja presencial, aplicativo, site, etc.

4 – Relacionamento com clientes – Como a sua empresa se relacionará com cada segmento de cliente. Pode ser SAC, atendimento virtual, eventos específicos da empresa, suporte técnico, etc.

5 – Atividades-chave – São as atividades essenciais para que seja possível entregar a Proposta de Valor. Liste as soluções que irá comercializar.

6 – Recursos principais – São os recursos necessários para você implementar as atividades-chaves. Você pode ainda descrever como estas atividades serão realizadas conforme os recursos empregados.

7 – Parcerias principais – São as atividades-chave realizadas de maneira terceirizada e os recursos principais adquiridos fora da empresa e parceiros constantes.

8 – Fontes de receita – São as formas de obter receita por meio de propostas de valor.

9 – Estrutura de custos – São os custos necessários para que a estrutura proposta possa funcionar. O que precisará ser feito para o seu negócio funcionar e quanto isso irá custar.

Como utilizar o Business Model Canvas?

Você irá perceber que cada um destes blocos ou elementos do Business Model Canvas se comunicam. A ferramenta serve para dar mais clareza aos seus processos. Observe ainda que há duas grandes dimensões, sendo a dimensão mais à direita os elementos mais subjetivos e “emocionais” e os elementos da parte esquerda os mais estruturais e lógicos.

Desta forma, é indicado preencher o Canvas da direita para a esquerda, pois desta forma é possível indicar os desejos dos envolvidos para, em seguida, começar a defini-los de forma mais concreta. Lembre-se de que o Business Model Canvas permite conceituar o seu negócio, ou seja, indicar o modo como você irá operar e gerar valor ao mercado, definindo seus principais fluxos e processos. Este recurso permite fazer a análise e visualização do seu modelo de atuação no mercado.

Atualmente, há vários modelos de Canvas, não apenas relacionado ao Plano de Negócio, mas à gestão de inovação e outras demandas das empresas. Vale a pena pesquisar. O modelo básico pode ser imprimido e preenchido à mão antes de você defini-lo. Acesse este link e faça o download gratuito.

Veja também: Era da tecnologia – 5 dicas para a sua empresa sobreviver e ter sucesso

Gostou das dicas sobre Business Model Cnvas? Deixe um comentário a seguir! Confira outras dicas e novidades da OPS Contabilidade no Instagram!

 

Artigos Recomendados