Skip to content

Aprendizados da COVID-19 e novas metodologias de gestão de negócios

Covid

A pandemia de coronavírus trouxe muitas perdas para todos os países do planeta, seja as vidas perdidas, os impactos econômicos e financeiros, o desemprego e a queda do consumo, o isolamento necessários, entre outros desafios. Mas trouxe também alguns aprendizados da COVID-19 em relação a forma de gerir negócios, que com certeza poderão ser replicados nos próximos meses e anos. Além disso, são ideias e técnicas para o gestor usar independentemente da situação em que se encontra, ou seja, mesmo em um contexto sem pandemia. Confira!

1) Novas estratégias de enfrentamento de crises

A gestão de crises é um conjunto de estratégias que ajudam a empresa a prevenir, lidar e adotar posicionamentos assertivos antes, durante e depois da crise. Há crises que podem ser prevenidas, através de um plano pré-crise. Estas geralmente têm a ver com as marcas e o seu relacionamento com o mercado.

A pandemia de coronavírus, no entanto, trouxe uma crise que não tem origem nas ações das empresas: trata-se de uma crise de impactos globais, sendo eles econômicos, sociais, políticos e de saúde. No entanto, percebeu-se que as empresas devem estruturar um plano pré-crise que abranja todos os tipos de crises para o futuro, tornando o negócio ainda mais sustentável.

E exigiu ainda que, diante dos desafios trazidos pela COVID-19 as empresas precisaram adaptar a sua estrutura para poder atuar com mais resultados. O aumento do delivery por exemplo, ou do atendimento exclusivamente on-line, entre empresas que nem utilizavam entregas, é um exemplo disso.

Plano de crise

Criar um plano de crise que englobe aspectos financeiros, operacionais, tributários, processuais e humanos, tal como boas práticas para situações que fogem à normalidade, pode dar um fôlego a mais aos seus negócios e colocar a empresa em uma situação favorável no mercado.

É certo que não se pode planejar todas as intempéries, sejam locais ou globais, mas diante de tantas alternativas e tecnologias, o empreendedor pode gerir melhor a sua empresa, fazendo um bom planejamento e plano de crises. O foco, independentemente do contexto, deve estar sempre na solução.

2) Metodologias ágeis e negócios mais enxutos

As empresas, para se manterem no mercado, precisaram adotar dois tipos de abordagens: a primeira foi enxugar contas, processos e atividades de forma a aproveitar melhor os recursos disponíveis para ter uma margem apropriada na sua atuação durante a pandemia. Isso implica muitas tomadas de decisões – inclusive rever o enquadramento tributário e a análise das contas e patrimônio das empresas.

Já a segunda abordagem diz respeito à adoção de métodos mais assertivos para lidar com as equipes. Os gestores passaram a buscar metodologias ágeis (como FDD, XP, MSF, DSDM e Scrum), oriundas do segmento de tecnologia, que em muitos casos e de muitas formas podem ser adaptadas em diferentes segmentos produtivos. Vale a pena pesquisar que tipos de metodologias ágeis podem aperfeiçoar o seu negócio.

3) Trabalho em home office assertivo

O trabalho home office, adotado por muitas empresas, principalmente estrangeiras, de forma parcial agora se tornou o novo normal em tempos de isolamento. Para muitos negócios, que não utilizavam este formato de trabalho em nenhum momento, foi preciso se adaptar e aperfeiçoar recursos e equipes em tempo real, para que não se perdesse tempo ou produtividade.

É fato que atualmente há diversas ferramentas que permitem a comunicação, gestão e produtividade de diferentes pessoas ou grupos trabalhando a distância, alocadas em diferentes lugares, bem como permitem a continuidade do atendimento ao mercado mesmo sem contato direto com os players.

Não são todos os negócios ou setores que podem partir 100% para o home office, mas percebeu-se este modelo como uma ótima oportunidade, com redução de custos e de tempo. Prova disso é que empresas como Google e Facebook já anunciaram que estenderam o Home Office até o fim deste ano e o Google tem a intenção de adotar o modelo após a pandemia em diferentes atividades.

4) Novos modelos contábeis

Para enxugar as contas e adaptar os seus negócios, as empresas também recorreram aos novos modelos contábeis. Estes modelos mais atuais abordam a empresa de forma exclusiva, buscando oportunidades e recursos que melhor têm a ver com o seu perfil. É o caso da contabilidade consultiva e da contabilidade colaborativa, por exemplo. A contabilidade digital é outro modelo contábil muito procurado em um período de isolamento, restrição e migração para as ferramentas digitais.

5) Transformação digital acelerada como aprendizado da COVID-19

E por falar em migração digital, a transformação digital, uma pauta para todas as empresas do planeta – um movimento que se caracteriza pela necessidade de se manter presente e atuar em contextos digitais gradualmente – percebeu uma aceleração em um momento em que o isolamento social foi necessário.

Para atuarem, as empresas passaram a buscar recursos digitais de comunicação, atendimento, contabilidade, logística, gestão de equipes e processos e diferentes outros tipos de recursos digitais. Esta adaptação e a utilização destes novos recursos provavelmente serão reaproveitados e expandido em estratégias futuras. A COVID-19 acabou dando um novo fôlego à transformação digital, movimento este que já vem ocorrendo na última década e deve se intensificar ainda mais.

6) Experiência da aproximação com o consumidor

Com o cliente em isolamento – bem como funcionários, parceiros, fornecedores, etc. – a aproximação da empresa se tornou uma demanda importante para o desenvolvimento da experiência do consumidor. Estamos em plena era da experiência, em que as pessoas querem o todo agregado e a experiência positiva ao invés só do produto e serviço.

E a aproximação por parte da empresa é uma vantagem competitiva – exemplos são o delivery, o drive thru e outros formatos de aproximação que muitos negócios não utilizavam. Preocupação com o bem-estar dos clientes faz com que os negócios se adaptem para levarem o que o cliente precisa até ele. Isso deve continuar após a pandemia de COVID-19.

Acompanhe o Blog da OSP Contabilidade e tenha sempre em primeira mão algumas dicas sobre gestão, finanças e superação para o seu negócio. Confira!

Veja também: MP da redução de jornada com redução de salário em vigor

O que achou da reflexão sobre os aprendizados que o COVID-19 nos trouxe? Deixe um comentário e compartilhe os conteúdo da OSP Contabilidade nas suas redes sociais. Siga-nos no Instagram!

Compartilhe: