10 formas de garantir a lucratividade da sua empresa em tempos de crise | OSP

Manter a lucratividade em alta em tempos de crise é um desafio que há alguns anos os empresários brasileiros, principalmente os de pequenos negócios, estão aprendendo a encarar. A instabilidade e a falta de credibilidade com o setor político e com a economia fazem com que muitos mantenham o pé atrás em suas ações e passam a adotar uma postura de resistência, limitando ainda mais as suas empresas. Mas é preciso seguir em frente, com estratégias adequadas para garantir a lucratividade. Veja como nestas 10 dicas!

1) Inove para ter mais lucratividade

Esta é na verdade uma regra para aqueles que querem se manter no mercado nas próximas décadas. Vivemos na era do conhecimento (e não mais da informação) e é preciso fazer diferente e buscar diferenciação no âmago da empresa para se tornar mais competitivo. Invista em fazer diferente, ou seja, em diferenciais. Em tempos de crise, a competitividade é mais acirrada, mas há grandes oportunidades já que muitas empresas não conseguem acompanhar. Seja aquele empresário que inova e aproveita estas oportunidades!

2) Não foque na crise

A crise é também uma desculpa que muitos dão para não evoluírem e não crescerem – e esconde um medo de encarar os problemas de frente. Como diz o ditado, mar calmo nunca fez bom marinheiro. Aproveite a crise para se superar, mas não foque nela – foque na solução e não no problema.

3) Enxugue as suas contas

A primeira coisa a se fazer em tempos de crise para garantir a lucratividade é fazer uma análise completa em todo o orçamento, enxugando gastos e investindo no que é necessário para crescer. Não é preciso privar nenhum setor, mas otimizar as suas escolhas, selecionando o gastos e investimentos com prioridade.

4) Não se desespere

Isso mesmo: não se desespere! Tudo é impermanente, inclusive uma crise. Por quantas crises econômicas e políticas o Brasil já passou? Por quantas crises a sua empresa já teve que lidar? E você, quantas foram as suas provações? E mesmo assim, estamos aí. É preciso ser flexível, jogar conforme o jogo, sem se desesperar e sem ignorar a realidade. Flexibilidade é uma das condições para a lucratividade.

5) Invista em divulgação e promoção

Muitos empresários evitam gastar com divulgação e promoções. Contudo, divulgação é um investimento de atração de clientes. Sem clientes, não há dinheiro. Sem dinheiro, uma empresa não funciona. Faça um plano estratégico para as suas ações de promoção, oferta, divulgação e propaganda bem específico para atingir seus objetivos em relação ao público.

lucratividade

6) Fortaleça a sua base de clientes

Fidelidade é um dos elementos que garantem a lucratividade. Crie formas de cativar os novos clientes e de cativar ainda mais os clientes já conquistados. Defina de que forma você pode reforçar o relacionamento com o cliente antes, durante e depois da venda.

7) Precifique com cautela

Dar preços aos produtos e serviços exige muita cautela, ainda mais em tempos de crise. Reveja as suas estratégias de preço fazendo uma ampla análise do mercado, da sua produção, do estoque, da procura em relação a determinados produtos, etc. Veja como é possível ajustar os preços para garantir mais lucratividade.

8) Otimize a sua produtividade

Às vezes, para garantir a lucratividade, é preciso rever a produtividade como um todo, em micro e macro esferas. De que forma a sua empresa anda errando ao não ser tão produtiva? O que significa produtividade no seu contexto? Como tirar esta questão do nível de reflexão e colocá-la em prática?

9) Acredite no seu negócio!

Se você não acreditar no seu negócio, ninguém o fará. Muitos empreendedores deixam as condições emocionais falarem mais alto e passam a não ver mais a crise e suas complexidades como um problema, mas sim a empresa como um erro. Tenha visão do todo e saiba separar as coisas.

Veja também: Aumento de impostos confirmados pelo governo assusta empresários

Gostou da matéria? O que acha sobre o assunto? Deixe um comentário?