VEJA O QUE FAZER SE CAIU NA MALHA FINA DO LEÃO | OSP

A Receita Federal informou na última quinta-feira (8) que 771.801 declarações foram retidas na malha fina do Imposto de Renda 2016 devido a inconsistências das informações dadas pelos contribuintes nas declarações.

Para saber se está na malha fina, o contribuinte deve acessar o último lote de restituições deste ano. Se não estiver nesse lote, e também não estava nos anteriores, a declaração está em malha. As consultas podem ser feitas por meio dessa página na internet:
Clique aqui para ir para a página de consulta

Se realmente estiver na malha fina do leão e quiser regularizar sua situação junto à Receita, o contribuinte pode acessar o chamado e-CAC (Centro de Atendimento Virtual) do órgão.

Na página, o contribuinte pode buscar informações, por meio do “Extrato do Processamento da DIRPF”, acessível mediante uso da certificação digital ou do código de acesso, e procurar a seção “pendências” para saber o que motivou a inclusão de sua declaração na malha fina.

Se o contribuinte entender que não há erro, e que a Receita Federal reteve sua declaração na malha fina de forma incorreta, ele poderá aguardar a intimação do Fisco ou agendar um atendimento nos centros de atendimento físicos do órgão – onde poderá apresentar a chamada “documentação comprobatória” para provar que está correto em sua demanda.

O agendamento para declarações do exercício 2016, porém, começa somente a partir do primeiro dia útil de janeiro de 2017.