Growth Hacking – Guia de crescimento para o seu negócio

Growth Hacking

Já ouviu falar em Growth Hacking?  É um conjunto de novas estratégias cujo intuito é o crescimento acelerado de um negócio. Comum na rotina de startups em estágio inicial, cada vez mais atraem outros tipos de empresas, sejam mais maduras ou não, de diferentes dimensões e segmentos, com o foco de crescer em pouco tempo e com orçamentos enxutos.Continue reading

Compartilhe:

Job Rotation – O que é e quais seus benefícios?

job rotation

O job rotation é um conceito recente, mas que pode trazer muitas vantagens para o seu negócio. Ele surgiu com as novas gerações de trabalhadores, os chamados Milennials, que requerem constantemente mudanças para serem mais produtivos.

Para evitar despesas com contratações e demissões e evitar o turn over, a dica é estabelecer estratégias de rotação de atividades, funções e novas perspectivas de carreiras na equipe da sua empresa. A seguir, saiba como funciona o job rotation e quais os benefícios – inclusive contábeis – que este método pode oferecer ao seu negócio!

O que é o job rotation?

O job rotation é um conceito ousado. Consiste no rodizio de tarefas e em agregar outras funções para o mesmo funcionário dentro da organização. Isso acontece constantemente. Desta forma, os colaboradores passam a revezar tarefas com outros colaboradores e setores. Isso tem implicações trabalhistas, que podem ser estabelecidas por contrato.

A ideia é evitar demissões, admissões obrigatórias, trazer mais produtividade, dar mais oportunidade para os colaboradores em suas carreiras e criar uma equipe de profissionais preparados para diferentes funções. É como se fosse um intercâmbio de profissionais na organização.

Como os profissionais Milennials são conhecidos por estarem sempre em mudança e buscarem novas ocupações constantemente, o que gera prejuízo para as empresas, o job rotation surge como uma maneira de evitar a perda de talentos e gastos contábeis e trabalhistas. É claro que há a função estratégica de formação multilateral da equipe, o que pode ser muito vantajoso.

Como implementar o job rotation na empresa?

O Job Rotation é também uma forma de modernizar a estrutura da empresa, evitando a mecanização das atividades, tal como se vê no Fordismo. O colaborador moderno não quer mais passar por transtornos do trabalho seriado, como alienação profissional, estresse, desmotivação, ansiedade e lesões por esforço repetitivo, por exemplo.

job rotation

O primeiro passo para implantar em sua empresa é conhecer a fundo o job rotation e fazer uma pesquisa ampla. Além disso, é preciso que o conceito esteja alinhado com o negócio e com a cultura organizacional.

Além disso, vale ressaltar que o processo de implantação não acontece de dia para noite e deve ser alinhado e conversado com cada colaborador. A dica é fazer testes e conferir os resultados desta estratégia antes de implantar em larga escala.

Planejamento 

Uma coisa muito importante é a disposição do colaborador a tentar este novo modelo. É essencial que haja adesão e engajamento para que o job rotation ofereça resultados a todos. É importante ainda planejar cada fase, o que se quer alcançar com esta metodologia, além de avaliar cada funcionário e equipes, fazer ajustes ao longo do tempo, preparar as áreas a serem envolvidas, mensurar a produtividade e os resultados, bem como captar feedbacks.

Benefícios para a sua empresa

Estes são alguns benefícios do job rotation para o seu negócio:

  • Proporciona novas perspectivas para os profissionais.
  • Diminui o turn over.
  • Aumenta o desenvolvimento dos profissionais.
  • Oferece mais responsabilidades aos colaboradores e tomada de decisão.
  • Aprimora as suas habilidades profissionais e pessoais.
  • Aumenta a produtividade e a lucratividade do negócio.
  • Evita custos de admissão, treinamento básico e demissão.
  • Identifica em quais áreas os profissionais podem ser mais úteis
  • É estratégico, pois oferece um plano B em casos de possíveis baixas.
  • Está alinhado com as perspectivas modernas de gestão de negócio e gestão de pessoas.

 Veja também: Procrastinação no Trabalho – Quais os seus impactos e como evitar?

Gostou das dicas sobre job rotation? Deixe o seu comentário e compartilhe este artigo em suas redes sociais. Siga a OSP Contabilidade no Instagram!

Compartilhe:

Procrastinação no Trabalho – Quais os seus impactos e como evitar?

Procrastinação no Trabalho

Um dos problemas mais comuns nas empresas que envolve a atitude individual do colaborador é a procrastinação no trabalho, o ato de deixar sempre para depois o que precisa ser feito pontualmente. Isso tem um grande impacto não apenas na vida do profissional, como também na produtividade da empresa. No entanto, é um tema complexo, que envolve muitas causas e até mesmo ações da organização.Continue reading

Compartilhe:

Produtividade – 5 maneiras de ter uma empresa mais produtiva

produtividade

Uma empresa produtiva é uma empresa funcional e sustentável. No entanto, nem sempre é fácil entender como gerar mais produtividade em um contexto já cheio de tarefas, demandas e em uma rotina acelerada, que envolve diferentes tipos de pessoas. No entanto, as respostas podem ser mais simples do que parecem. A seguir você confere 5 maneiras de ter mais produtividade em seu negócio!Continue reading

Compartilhe:

8 dicas para aumentar a produtividade da sua empresa

A sua empresa tem problemas de produtividade? Saiba que a produtividade é uma constante: deve ser prioridade de gestores em todos os momentos e envolver todas as equipes e colaboradores. Algumas práticas simples podem fazer a diferença. Veja a seguir!

Automação de processos

Usar a tecnologia em favor do seu negócio é essencial para aumentar a produtividade deste. A dica é rever todos os processos da empresa, julgando o que pode ou não ser automatizado, o que requer investimento tecnológico e quais ferramentas tecnológicas relacionadas à produtividade e agilidade podem ser aplicadas.

Saiba que não há motivos para mudar toda a estrutura física que apoia a sua produção, mas fazer ajustes ao longo de um determinado período. As tecnologias digitais são abundantes e possuem opções para diferentes orçamentos. Há muitas rotinas que podem ser automatizadas e é possível fazer disso uma prioridade. Além disso, estar alinhado com a transformação digital é importante para qualquer empresa.

Foco na qualificação

Não dá para falar em produtividade sem mencionar a necessidade de qualificação constante. Equipes produtivas são compostas por profissionais qualificados. Além de contratar o candidato mais qualificado para a sua empresa, e para determinada função, é importante desenvolvê-lo ao longo do seu percurso, através de treinamentos e capacitações e de ações que promovam o aprendizado mútuo entre colaboradores.

Definição de papéis e responsabilidades

Quando há problemas de definição de papéis e responsabilidades em geral há problemas de produtividade. Cada função deve ser muito bem definida quanto as ações que devem ser desenvolvidas, a hierarquia existente no departamento, as responsabilidades de cada um e as competências necessárias a cada colaborador (existentes e em desenvolvimento).

Comunicação e cultura produtiva

Uma comunicação ativa e adequada promove a produtividade. Além de recursos tecnológicos que agilizem os processos de comunicação e produção, é importante incentivar a comunicação humana, a prática do feedback, a escuta atenta e ações ágeis de correção e prevenção de situações. Toda forma de comunicação deve ser valorizada, mas as boas práticas podem ser aprendidas e ensinadas no dia a dia da empresa.

Organização e humanização do ambiente de trabalho

Uma empresa é composta por pessoas. A gestão de alta performance é um paradigma novo de gestão que vai justamente por esta linha: humanizar o ambiente de trabalho em prol da produtividade. Para isso, é preciso desenvolver práticas de saúde, organização e limpeza e outros aspectos que contribuem para o bem-estar dos colaboradores.

Motivação e reconhecimento dos colaboradores

A motivação dos colaboradores é um fator de produtividade. É importante que a empresa faça métricas de satisfação neste sentido. Priorizar o feedback, reconhecer avanços e resultados publicamente, oferecer recompensas, oferecer oportunidades de crescimento são apenas algumas formas de motivar.

Cultura organizacional produtiva

A cultura organizacional deve ser voltada para a produtividade, envolvendo diferentes setores e profissionais. Deve haver iniciativas que tornem a rotina mais produtiva de forma natural.

Estabelecer métricas de produtividade

Para ter mais produtividade é preciso ter métricas bem definidas. Indique métricas por departamento, com indicadores quantificáveis. Estas métricas terão a ver com o ambiente de produtividade, ou seja o ambiente está sendo produtivo e o que poderia ser feito para melhorar. Há diversos modelos de métricas e até sistemas que podem ajudar na definição e monitoramento das métricas de produtividade.

Veja também: Como impulsionar as vendas da sua empresa?

Gostou das dicas sobre produtividade? Deixe um comentário a seguir! Confira outras dicas e novidades da OPS Contabilidade no Instagram!

 

Compartilhe:

Transformação Digital e Robotização na Indústria – Como os robôs podem aumentar a sua produtividade

A indústria é um dos segmentos mais impactados pela transformação digital e o processo de robotização veio como um caminho sem volta, cheio de oportunidades, que alavanca a produtividade.

Processos complexos agora são automatizados e integrados por tecnologias eficientes e inteligentes, que propõem mais resultados, seja pelos processos mais enxutos, pela gestão mais assertiva de riscos, pela agilidade ou qualidade na entrega dos produtos, o que culmina em uma maior lucratividade.

Industrialização e transformação digital

Os robôs, diferentemente do que se imagina, não chegaram para substituir os trabalhadores, mas para apoiar um projeto de produção mais eficiente e a boa experiência de todos os envolvidos da industrialização, do fornecimento de insumos ao consumidor final. É uma das pautas da transformação digital e uma forte tendência em todo o mundo – veja nesta matéria mais sobre o fenômeno da transformação digital. É também uma tendência para a indústria brasileira em 2019 – veja mais neste artigo.

Transformação digital e robotização na indústria – Como os robôs podem aumentar a sua produtividade

A primeira coisa que se imagina é que um robô seja uma máquina complexa e autônoma na linha de produção. Alguns até são. Mas a robotização começa por softwares com Inteligência Artificial, que dão a máquina a capacidade de aprender, resolver problemas, atuar com menos riscos de falhas e com autonomia, além de gerar dados estratégicos que possam beneficiar o negócio. E para se ter estes benefícios o investimento não é muito grande – outro mito que se tem sobre as aquisições necessários para a transformação digital.

Procura e crescimento

A indústria possui à disposição soluções muito específicas no mercado que podem colaborar com a produtividade da sua empresa. É um mercado em ascensão, que a cada dia disponibiliza produtos e serviços inovadores. E a indústria brasileira parece buscar cada vez mais este tipo de diferencial, já que mesmo em crise, houve um aumento da procura pelos empresários por robotização.

Para se ter uma ideia, em 2016, foram vendidos aqui 1,8 mil robôs industriais no país – algo muito simplório se comparado à China, que vende cerca de 90 mil unidades por ano, e a Coreia do Sul, 40 mil. Mas 2019, a Federação Internacional de Robótica afirma que a indústria brasileira deve adquirir 400 mil robôs industriais.

Os segmentos que mais contemplam estas aquisições são o setor automotivo, indústria química, de alimentos, bebidas e eletroeletrônica, mas todos os tipos de empresas têm apostado em soluções inteligentes para operacionalizar parte de suas atividades, principalmente com foco na produtividade.

Robotização: mais que uma adequação, um diferencial

O aumento da produtividade é uma consequência do uso de robôs na indústria. Mas ele ocorre de diversas formas:

  • Diminui os custos de produção e prevê novos custos.
  • Ajuda a diminuir erros, falhas e contingências em um processo ainda mais padronizado.
  • Oferece mais agilidade e controle dos processos.
  • Otimiza a uniformização dos produtos.
  • Contribui para os processos de controle da qualidade.
  • Permite à empresa maior competitividade em relação aos seus concorrentes.
  • Gera indicadores e métricas para a melhor tomada de decisão.
  • As máquinas podem ter a capacidade de aprender com o processo.
  • Um robô possui um investimento menos que os custos, tributos e taxas da mão de obra humana.
  • Permite que os colaboradores possam desempenhar atividades mais específicas, com tempo e cautela necessários.
  • Entre outras vantagens.

Veja também: Empresas Multinacionais – O que é preciso saber sobre contabilidade para ter melhores resultados?

Gostou das dicas sobre transformação digital na indústria? Deixe um comentário a seguir e compartilhe estas informações em suas redes sociais. Siga-nos no Instagram!

 

Compartilhe:

Como a contabilidade pode ajudar a alavancar o sucesso de sua empresa?

Você sabia que a contabilidade é um segmento que pode ajudar no sucesso e nos resultados da sua empresa?

Diferentemente dos que as pessoas pensam, a assessoria contábil não possui apenas funções burocrática e relacionadas aos aspectos tributários e legais do negócio. Há várias vantagens e benefícios que este setor tem a oferecer à produtividade, lucratividade e até mesmo na diferenciação da empresa no mercado.Continue reading

Compartilhe:

Gestão do Tempo – Utilize o tempo como um recurso

Artigo gestão de tempo para empresarios

Uma das desculpas mais frequentes que as pessoas dão – inclusive no gerenciamento do seu negócio e dos processos de sua empresa – é a falta de tempo. Contudo, assim como dinheiro e conhecimento, por exemplo, tempo é um recurso importante para fazer a diferença no mercado e atingir metas – sejam pessoais ou corporações. A gestão do tempo se tornou um desafio para as empresas e profissionais brasileiros – muitas organizações até investem em capacitação neste segmento aos seus funcionários, o que significa um custo elevado, e que nem sempre há resultados.Continue reading

Compartilhe: