Tabela do IRRF para 2015

leao-848x300

Após anunciou de um pacote de elevação de tributos, a presidente Dilma Rousseff vetou o texto aprovado pelo Congresso que corrigia em 6,5% a tabela do Imposto de Renda das pessoas físicas.

A medida aliviaria a tributação dos salários e outros rendimentos, ao utilizar um índice mais compatível com a inflação do ano passado, de 6,41%.

“A proposta levaria à renúncia fiscal na ordem de R$ 7 bilhões, sem vir acompanhada da devida estimativa do impacto orçamentário-financeiro”, justificou o Planalto no “Diário Oficial” desta terça-feira (20).

Em sendo assim, nos termos do artigo 1º, inciso VIII, da Lei nº 11.482, de 31/05/2007, na redação dada pela Lei nº 12.469, de 26/08/2011, a tabela progressiva mensal para a incidência do imposto sobre a renda das pessoas físicas, aplicável para fatos geradores que ocorrem a partir de 1º de janeiro de 2015, portanto, para o ano-calendário de 2015, é a seguinte:

 

Base de Cálculo (R$)Alíquota (%)Parcela a Deduzir do IR (R$)
Até 1.787,77
De 1.787,78 até 2.679,29
De 2.679,30 até 3.572,43
De 3.572,44 até 4.463,81
Acima de 4.463,81

7,5
15
22,5
27,5

134,08
335,03
602,96
826,15

A parcela a deduzir da base de cálculo a título de dependente é de R$ 179,71, por dependente, conforme artigo 4º, inciso III, alínea “h”, da Lei nº 9.250/1995, na redação dada pela Lei nº 12.469/2011.

CONFIRA A NOVA TABELA PROGRESSIVA VALIDA A PARTIR DE ABRIL DE 2015 AQUI.

Veja mais noticias em nosso Blog https://www.ospcontabilidade.com.br

Conheça nosso site https://www.ospcontabilidade.com.br/

Artigos Recomendados