Saiba quais são as novas atividades que poderão aderir ao Simples Nacional a partir de 2015

Anteriormente algumas atividades, principalmente aquelas técnicas, que exigiam de formação específica para o exercício, eram impedidas de optarem pela sistemática simplificada de apuração de tributos Simples. A partir de 01/01/2015, com as alterações trazidas pela Lei Complementar nº 147/2014, ampliou-se o espectro de atividades possíveis de optar pelo Simples Nacional. Veja abaixo algumas novas atividades que poderão optar pela sistemática:

1) Medicina, odontologia, fisioterapia, psicologia, psicanálise, terapia ocupacional, acupuntura, podologia, fonoaudiologia e de clínicas de nutrição, de vacinação e bancos de leite;

2) Serviços de comissaria, de despachantes, de tradução e de interpretação;                               

3) Advocacia (somente Sociedade de Advogados);

4) Arquitetura, engenharia, medição, cartografia, topografia, geologia, geodésia, testes, suporte e análises técnicas e tecnológicas, pesquisa, design, desenho e agronomia;

5) Representação comercial e demais atividades de intermediação de negócios e serviços de terceiros inclusive corretagem de imóveis e de seguros;

6) Perícia, leilão e avaliação;

7) Auditoria, economia, consultoria, gestão, organização, controle e administração;

8) Jornalismo e publicidade;

9) Agenciamento, exceto de mão-de-obra;

Nosso escritório contábil, esta pronto para quaisquer esclarecimentos necessários, clique aqui e contate-nos

Artigos Recomendados