Skip to content

Marketing Médico – Como gerar valor para o paciente

marketing médico

Na gestão de uma clínica ou consultório médico, uma das demandas mais importantes é o marketing médico, um conjunto de estratégias que visão otimizar a imagem do profissional ou do negócio e atrair mais clientes. E estas estratégias têm tudo a ver também com a contabilidade da empresa. A seguir, você confere por que é tão importante aplicar estratégias de marketing nesta área e quais iniciativas você pode implementar agora mesmo!

O que é o marketing médico?

O marketing médico nada mais é do que a geração de estratégias de marketing aplicadas a segmento de saúde. Logo, não se refere apenas a hospitais, clínicas, médicos (profissional) e consultórios, como a outras áreas correlatas da saúde: dentistas, psicólogos, veterinários, etc.

Este conjunto de estratégias de marketing não são apenas pontuais como devem estar arraigadas à rotina da empresa. Além disso, por mais que haja médicos que atuem como pessoa física, e estas estratégias valem também para este profissional, é importante ressaltar a criação de uma empresa para organizar estas ações a partir dela, como veremos mais adiante.

As estratégias de marketing médico envolvem uma série de possibilidades: assessoria de imprensa ou de publicidade, padronização da infraestrutura e do atendimento, personalização do atendimento e suporte, identidade visual, marketing digital, marketing de conteúdo, promoção da saúde, atendimento humanizado, plano de marketing médico específico, etc. A ideia é criar resultados através de ações de marketing específicas e planejadas.

O que a contabilidade tem a ver com isso?

Nesta matéria, já falamos sobre tributação para médicos e mostramos o quanto é benéfico que estes profissionais atuem a partir da pessoa jurídica, ou seja, que abram uma empresa. Os tributos são menores e os resultados são maiores, além de outras vantagens.

Uma assessoria contábil especializada em contabilidade para médicos pode oferecer mais organização financeira e contábil, mais recursos de gestão de negócios, integração de todos as suas informações contábeis para a tomada de decisão, além de transmitir mais credibilidade aos seus públicos. É o que faz a OSP Contabilidadefale com um dos nossos consultores.

marketing médico

Assim, ao abrir uma empresa, isso passa mais credibilidade e confiança aos pacientes e público em geral. Uma empresa deve ter ainda uma imagem (marca) no mercado, o que facilita ainda mais a sua divulgação. As estratégias de marketing médico são mais efetivas nestas condições e conseguem trazer mais resultados aos profissionais envolvidos. Logo, talvez a primeira estratégia seja a abertura de uma empresa, caso o profissional atue como pessoa física.

Estratégias de marketing médico

Primeiramente, é importante que você conheça todas as determinações do Conselho Federal de Medicina (CFM) relacionadas à divulgação do trabalho do médico. É preciso garantir a idoneidade e credibilidade dos profissionais da saúde, e a segurança dos pacientes.

Em segundo lugar, conheça a diferença entre marketing médico e o marketing convencional. As estratégias de marketing médico devem passar ao público uma imagem mais humanizada, com foco na solução da dor do paciente. Logo, não pode ser agressiva e nem massiva. Deve-se pautar pela qualidade, segurança, atendimento compassivo e acolhedor, além de seriedade e resolução das questões pessoais. Este deve ser o tom da linguagem utilizada nas ações de marketing médico.

Em seguida, é importante criar um planejamento estratégico de marketing com todos os detalhes necessários para a execução destas ações. Na maioria dos casos, contratar profissionais desta área é essencial. No planejamento estratégico, um ponto de relevância é o perfil do público-alvo. Conhecer o público a fundo e defini-lo dará mais condições de fidelizá-lo.

Construção da imagem no marketing médico

O próximo passo é a construção da imagem, que começa como um conceito – que ideias e valores deseja-se transmitir – e se expressa de forma visual – criação de logotipo, padronização do layout, etc. A imagem tem a ver com o fazer diário, como o tipo de atendimento prestado, com a comunicação da equipe com o público, etc.

Em todos os aspectos, o consultório ou clínica, a partir do marketing médico, deve transmitir na sua imagem valores e diferenciais, seja no site da empresa, cartões de visita, layout do ambiente, tipo de abordagem do médio e de seus funcionários e muito mais.

Marketing digital e marketing de conteúdo

O marketing médico deve fazer também uso dos recursos digitais. É imprescindível atuar também no seu blog corporativo, redes sociais, grupos, por e-mail, por dispositivos de mensagem e outros recursos e canais que conectam a sua empresa com o seu público.

Sabe-se que o brasileiro passa em média 1/3 do seu tempo útil na internet, mais especificamente em redes sociais e dispositivos de mensagens. As empresas de todo segmento lançam estratégias de interação por meio destes espaços virtuais. Usar a tecnologia para agendamento de consultas, publicidade e captação de clientes é essencial na atualidade.

Para tal, uma das vertentes do marketing que podem alavancar as suas ações na internet é o marketing digital. Dentro deste conceito, há ainda o marketing de conteúdo, que visa expandir a sua marca por meio da divulgação e propagação de conteúdo que seja relevante, útil, didático, atrativo e que forma opinião ou faça do profissional ou do consultório uma referência em sua área. Certamente, estas estratégias devem estar presentes no marketing médico.

Veja também: Como trocar de contador – Sem riscos e sem estresse

Gostou das dicas sobre marketing médico? Deixe o seu comentário e compartilhe este artigo em suas redes sociais. Siga a OSP Contabilidade no Instagram!

Compartilhe: