Em tempos de crise muitas empresas acabam fechando as portas, ou perdendo boa parte de seus clientes. Segundo o jornal Estadão, de São Paulo, só no ano de 2016, cerca de 1.8 milhão de empresas fecharam as portas no Brasil.

Muita dessas empresas não conseguiram segurar os altos custos de manutenção e as despesas fixas de seus negócios, e no ano de 2017 não será muito diferente. Estima-se que até dois milhões de empresas venham a falência.

Para evitar o pior cenário, é bom estar preparado. Com isso, disponibilizamos algumas dicas para você enxugar os custos do seu negócio e lucrar mais no final do mês!

Como cortar custos na empresa?

Já foi a época das empresas ostentarem com escritórios maravilhosos, salas espaçosas e grandes números de funcionários. Nos últimos anos o mercado mudou muito, e os empresários estão mais preocupados com rendimento do que com status.

A nova onda é unir-se a tecnologia para diminuir o seu número de funcionários, e aumentar a sua produtividade, ajudando a cortar custos na empresa. Mas como podemos fazer isso?

Dica 1: Contrate Freelancers

Existem diversos sites voltados para contratação de freelancers profissionais na web. Você pode procurar profissionais em diversas áreas, como edição de vídeo, designer, produção editorial, programação, Call Centers e muitas outras atividades.

Sites como o 99frelas e o Workana são super seguros, visto que eles só liberam o seu pagamento após a entrega do trabalho ofertado. Você ainda pode filtrar os freelancers através do ranking, e achar o profissional certo para trabalhar com você.

Esse tipo de trabalho ganhou muito espaço no Brasil nos últimos anos. Segundo pesquisas, o Brasil é o sexto pais com o maior número de freelancers no mundo. São mais de 384 mil Brasileiros trabalhando desta forma.

Parte dessa popularidade ganhou o país devido aos altos impostos pagos pelos empresários nas contratações CLT de funcionários nas empresas.

Muitos donos de negócio preferem ter um freelancer do que contratar um profissional fixo com carteira assinada para sua empresa. Menos impostos e menos dor de cabeça, visto que, se um freelancer não executar o trabalho como você quer, você pode procurar por outro no dia seguinte.

Dica 2: Tenha um ótimo escritório de contabilidade

Muitos empresários de pequenas e médias empresas desconhecem como funciona a parte de finanças de uma empresa.

Normalmente eles empurram essa tarefa para o contador, e cruzam os dedos para que o mesmo saiba cortar custos na empresa, os boletos de impostos do próximo mês venham menores.

Infelizmente, nem sempre isso acontece. Converse com seu contador, ou com um escritório de contabilidade para que vocês possam achar uma forma legal de se enquadrar com as regras tributárias do Brasil.

Muitas empresas não se informam e acabam pagando mais impostos do que deveriam.

Dica 3: Invista em Cooworkings

Será que você precisa mesmo de um escritório tão grande para a sua empresa? Você já parou para fazer as contas de quanto investe com aluguel e condomínio para locar o seu negócio? Nada barato, não é mesmo?

Imóveis comerciais são bem mais caros do que imóveis residenciais, e tudo isso pesa na hora de fechar as contas da sua empresa. Se você trabalha em escritório, talvez uma solução mais econômica para você possa ser o Cooworking.

Cooworking é um espaço dedicado a empreendedores e profissionais que precisam de um local de trabalho para exercer suas atividades, receber clientes e fazer reuniões. E, ao mesmo tempo, procuram maneiras de cortar custos na empresa.

Existem centenas de espaços Cooworkings no Brasil, e todos eles são muito baratos, comparados a alugar uma sala só sua. O que deixa tudo isso muito acessível é o fato de você pagar por hora em cada espaço usado.

Você pode alugar salas, locais para reuniões e Call Centers de acordo com a sua necessidade, sendo assim uma ótima opção para pequenos empreendedores.

Além disso é uma ótima oportunidade de ampliar sua rede de contatos, visto que profissionais de diversos ramos procuram Cooworkings para trabalhar.

Dica 4: Invista em Robôs

Aposto que ao ler esta frase, você lembrou do desenho dos Jetsons, onde os robôs faziam parte do nosso dia a dia e facilitavam muito as tarefas, não é mesmo? Acredite, estamos chegando lá mais rápido do que você imagina.

Atualmente podemos automatizar diversos serviços, entre eles suporte telefônico, disparos de e-mail, postagens em blogs, análise de pesquisas e diversas outras tarefas que anos atrás precisaríamos de funcionários para que fossem realizadas.

Em um futuro muito próximo, diversas funções e profissões que hoje custam dinheiro para o bolso do empresário serão automatizadas. Esteja a frente, e traga esta a tecnologia para sua empresa!

Empresário não gostam de custos, e devem sempre procurar novas formar de cortar custos na empresa. Aproveite essas dicas e economize seu dinheiro.

Manter sempre um valor em caixa para a sua empresa é essencial para enfrentar os tempos difíceis que vem e vão na vida de qualquer empreendedor.

 

Share This