Gestão financeira não é uma tarefa necessariamente fácil, existem diversas questões contábeis que devem ser levadas em consideração e nem sempre o empresário tem a expertise necessária para lidar com esse tipo de problemática e é nesse cenário que acontecem os erros contábeis mais comuns.

Embora existam diversas ferramentas de gestão, ainda mais hoje em dia, com o lançamento praticamente diário de softwares com o objetivo de ajudar na organização e vários deles voltados diretamente para gestão contábil, mas mesmo assim, especialmente em pequenas empresas erros comuns continuam acontecendo.

Alguns desses erros são pequenos e fáceis de corrigir, contudo, erros muito graves podem representar um verdadeiro risco a saúde financeira da sua empresa, então fique ligado nesse texto onde abordaremos esse assunto e você poderá evitar que isso aconteça a sua empresa.

 

OS PRINCIPAIS ERROS QUE ACONTECEM EM PEQUENAS EMPRESAS

 

  • Assumir como lucro projetos não finalizados

É sim, muito bom ver grandes valores no saldo da nossa conta corrente, mas muita cautela antes de achar que essa quantia trata-se de lucros. Digamos que você fechou um negócio de R$ 100 mil para sua nova empresa, esse projeto iniciar-se-á imediatamente, contudo a previsão para finalizá-lo é de 2 meses e o custo de sua execução é cerca de R$ 30 mil. Isso quer dizer que você acabou de ter R$ 70 mil de lucro, certo?

Não necessariamente. Caso você tenha algum imprevisto nesse projeto e ele demore mais do que o previsto para ser finalizado isso também quer dizer que você gastará mais dinheiro com ele e seu lucro diminuirá, nesse sentido, tenha como regra que nem toda entrada de recursos quer dizer lucro para sua empresa.

  • Relatórios são ferramentas importantes

 

A realidade que vemos em filmes em que os gerentes pegam os mais diversos relatórios, incluindo os relatórios contábeis e somente o colocam na gaveta e não o analisam como devem. Bem, esse é um grande erro, os relatórios financeiros da sua empresa são de vital importância para gerar os indicadores necessários para avaliar a saúde financeira de sua empresa, assim como sucesso de campanhas, dentre outras análises; esses dados podem ser usados para tomar decisões estratégicas que podem salvar sua empresa de grandes contas, por exemplo.

  • Não separar empresarial de pessoal

Esse é um dos erros mais comuns entre os pequenos empresários. Defina uma linha clara entre os seus gastos pessoais e os gastos da sua empresa, é importante até na hora de fazer alguma explicação para a Receita Federal e, além disso, a saúde da empresa pode ser danificada caso o dinheiro que deveria estar sendo reinvestido seja gasto na vida pessoal do indivíduo. Sendo assim, trace essa linha e mantenha tudo em seu devido lugar.

  • Não utilizar um software de gestão

Mesmo mantendo toda a papelada intacta não ter seus dados em uma plataforma digital é algo extremamente defasado e impede que as coisas em sua empresa andem na velocidade que devia. Papeis podem ser perdidos e alterados, contudo, dados online, com a devida proteção são, na maioria das vezes, confiáveis e podem ser acessados de diversos locais.

  • Não acompanhar os números junto do contador

O contador certamente é o profissional capacitado para gerenciar os números da sua empresa, mas nunca deixe essa responsabilidade totalmente nas mãos dele, virando as costas para as questões contábeis. Somente com uma relação próxima, onde o contador sabe o que esta acontecendo no seu negócio, ele poderá ajudá-lo com a tomada de decisões, visando melhores resultados.

Bem, esses são alguns dos erros mais comuns que empresários acabam cometendo na rotina do dia-a-dia.

Ficou alguma dúvida? Deixe o seu comentário agora:

 

Share This